Construindo projetos de pesquisa em direito: uma análise do programa de apoio e diversidade da FGV Direito SP

(Writing research projects in law: an analysis of the FGV Direito SP's support and diversity program)

Authors

Keywords:

Ensino jurídico, pós-graduação em direito, ações afirmativas, ensino remoto na pandemia de COVID-19, Desafios, Legal education, graduate studies in law, affirmative actions, remote teaching in the COVID-19 pandemic, challenges

Abstract

O objetivo do artigo é analisar e discutir nossa experiência como monitoras e monitor do curso Introdução à Pesquisa em Direito, voltado à elaboração de projetos de pesquisa no campo do Direito e Desenvolvimento e pertencente ao Programa de Apoio e Diversidade (PAD), vinculado à Pós-Graduação Acadêmica da FGV Direito SP. Em 2021, seu primeiro ano de funcionamento, o PAD buscou oferecer suporte pedagógico para estudantes negros/as, descendentes de grupos indígenas, de baixa renda e/ou egressos/as de escolas públicas que desejassem se preparar para o processo seletivo de ingresso no Mestrado Acadêmico da Instituição. À luz dos debates recentes sobre políticas de democratização do acesso à educação superior no Brasil e de diversificação do corpo discente, tecemos algumas reflexões sobre o desenho institucional do PAD, os desafios que identificamos ao longo da construção do curso, e a nossa própria prática docente. Concluímos apontando a necessidade da institucionalização de ações afirmativas para um impacto mais significativo na promoção de um Programa de Pós-Graduação mais diverso e inclusivo.

The aim of the article is to analyze and discuss our experience as monitors of the Introduction to Research in Law course belonging to the Support and Diversity Program (PAD) linked to the Academic Graduate Program at FGV São Paulo Law School. In 2021, its first year of operation, the PAD sought to offer pedagogical support to Black, indigenous, low-income students and/or graduates from public schools who wished to prepare for the selection process for admission to the institution’s academic master’s program. Using the systematization of experiences technique and in the light of contributions from the sociology of legal elites and recent debates on policies to democratize access to higher education in Brazil, we wove some reflections on the institutional design of the PAD, developed remotely during the COVID-19 pandemic, the challenges we identified throughout the construction of the course, and our own teaching practice. We conclude by pointing out the need to institutionalize affirmative actions for a more significant impact on promoting a more diverse and inclusive Graduate Program.

Downloads

Download data is not yet available.
Views 153
Downloads:
14(1)_Lemes_et_al_SZ 42


Author Biographies

Maurício Buosi Lemes, Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV Direito SP)

Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FDRP/USP). Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Direito da FDRP/USP, com estágio de pesquisa no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. Atualmente, é doutorando vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Direito da Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV Direito SP), com Bolsa Mario Henrique Simonsen de Ensino e Pesquisa e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). E-mail: mauricio.lemes@alumni.usp.br

Ana Beatriz Guimarães Passos, Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV Direito SP)

Doutoranda e Mestre em Direito e Desenvolvimento pela Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV Direito SP) com apoio das bolsas CAPES e Mario Henrique Simonsen de Ensino e Pesquisa. Especialista em Gestão Pública pelo Insper com bolsa da Fundação Brava. E-mail: passos.ana@fgv.edu.br

Larissa Cristina Margarido, Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV Direito SP)

Doutoranda em Direito e Desenvolvimento pela FGV Direito SP, com apoio da bolsa Mario Henrique Simonsen de Ensino e Pesquisa (MHS). Pesquisadora convidada no Centre on Law and Social Transformation – LawTransform (CMI/UiB), em Bergen (Noruega), com bolsa da CAPES-PrInt (08/2022–03/2023). Mestra em Direito e Desenvolvimento pela FGV Direito SP, com apoio da bolsa MHS e da Bolsa Taxa PROSUC-CAPES. Graduada pela Faculdade de Direito de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FDRP-USP). Colíder do Hub de Inovação Pedagógica (HIP) da FGV. E-mail: larimargarido@hotmail.com

Priscila Coelho, Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV Direito SP)

Doutoranda e Mestra em Direito e Desenvolvimento pela Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV Direito SP), com apoio da bolsa Mario Henrique Simonsen de Ensino e Pesquisa (MHS). Especialista em Proporcionalidade Penal no Programa Fazendo Justiça (PNUD/CNJ). Assessora Acadêmica no Programa de Mestrado Profissional em Direito da FGV Direito SP. Editora-Adjunta da Revista Jurídica Profissional. E-mail: priscila.coelho@fgv.edu.br

References

Aguiar, M., e Piotto, D., 2018. Desigualdade à brasileira: capital étnico-racial no acesso ao ensino superior. Educação, 41(3), 478–491.

Almeida, F. de, 2012. Do profissional-docente ao docente-profissional: a valoração simbólica dos títulos acadêmicos e da experiência docente no campo jurídico brasileiro. In: E. M. Carvalho et al., eds., Representações do professor de Direito. Curitiba: CRV.

Almeida, F. de, 2014. As elites da justiça: instituições, profissões e poder na política da justiça brasileira. Revista de Sociologia e Política, 22(52), 77–95.

Angarita, A., ed., 2010. Construção de um Sonho: Direito GV - inovação, métodos, pesquisa, docência. São Paulo: FGV Direito SP.

Bedê, F., e Sousa, R., 2018. Por que a área do direito não tem cultura de pesquisa de campo no Brasil? Revista Brasileira de Políticas Públicas, 8(1), 781–796.

Booth, W., Colomb, G., e Williams, J., 2008. A Arte da Pesquisa. 2. ed., 2. tir. São Paulo: Martins Fontes.

Campos, L.A., e Peixoto, F.O., 2022. A diversificação racial e econômica do ensino superior público brasileiro depois das cotas. Nexo Políticas Públicas [online], 22 setembro. Disponível em: https://pp.nexojornal.com.br/opiniao/2022/A-diversifica%C3%A7%C3%A3o-racial-e-econ%C3%B4mica-do-ensino-superior-p%C3%BAblico-brasileiro-depois-das-cotas

FGV Direito SP, 2021a. FGV Direito SP abre inscrições para o Programa de Apoio e Diversidade [online]. 17 março. São Paulo, FGV Direito SP. Disponível em: https://direitosp.fgv.br/noticia/fgv-direito-sp-abre-inscricoes-para-programa-de-apoio-diversidade

FGV Direito SP, 2021b. Mestrado e Doutorado Acadêmico em Direito e Desenvolvimento [online]. São Paulo, FGV Direito SP. Disponível em: https://direitosp.fgv.br/cursos/mestrado-doutorado-academico

Freitas, L., 2002. A internalização da exclusão. Educação & Sociedade, 23(80), 299–325.

Ghirardi, J.G., 2020. O desafio de institucionalizar inovações no ensino superior: a experiência da FGV Direito SP. Revista e-Curriculum, 18(3), 1160–1177.

Holliday, O.J., 2019. La sistematización de experiencias. Entrevista con Óscar Jara Holliday. Perspectivas, (18), 1–18.

Lima, M., e Campos, L.A., 2020. Inclusão racial no Ensino Superior: Impactos, consequências e desafios. Novos Estudos CEBRAP, 39(2), 245–254.

Marcato, C., e Conti, C.L., 2017. Justiça e igualdade na escola: a falácia da meritocracia. Devir Educação, 1(1), 66–74.

Margarido, L.C., Passos, A.B.G., e Machado, M.R., 2021. Introduzir a Pesquisa à Distância: A Experiência de uma Docente e duas Monitoras no Programa de Apoio e Diversidade da FGV Direito SP. In: A. Smith et al., eds., Educação Jurídica em Tempos de Pandemia de Covid-19: Relatos de Vivências e Aprendizagens Docentes. Florianópolis: Habitus, 317–328.

Nobre, M., 2004. Apontamentos sobre a pesquisa em direito no Brasil. Cadernos Direito GV, 1(2), 3–19.

Sen, A., 2018. Desenvolvimento como liberdade. São Paulo: Companhia das Letras.

Trubek, D.M., 2007. The Owl and the Pussy-Cat: Is There a Future for “Law and Development”? Wisconsin International Law Journal, 25(2), 235–242.

Venturini, A.C., e Feres Júnior, J., 2020. Política de ação afirmativa na pós-graduação: o caso das universidades públicas. Cadernos de Pesquisa, 50(177), 882–909.

Vieira, O.V., 2012. Desafios do ensino jurídico num mundo em transição: o projeto da Direito GV. In: M. Feferbaum, e J.G. Ghirardi, eds., Ensino do Direito para um Mundo em Transformação. São Paulo: Fundação Getulio Vargas, 17–62.

Vieira, O.V., e Ghirardi, J.G., 2018. The Unstoppable Force, the Immovable Object: Challenges for Structuring a Cosmopolitan Legal Education in Brazil. UCI Irvine Journal of International, Transnational and Comparative Law, 3, 119–142.

Published

2024-04-19

How to Cite

Buosi Lemes, M., Guimarães Passos, A. B. ., Margarido, L. C. . and Coelho, P. . (2024) “Construindo projetos de pesquisa em direito: uma análise do programa de apoio e diversidade da FGV Direito SP: (Writing research projects in law: an analysis of the FGV Direito SP’s support and diversity program)”, Sortuz: Oñati Journal of Emergent Socio-Legal Studies, 14(1), pp. 137–156. Available at: https://opo.iisj.net/index.php/sortuz/article/view/1821 (Accessed: 25 June 2024).